Raikkonen admite que não está no melhor momento da sua forma

Kimi Raikkonen admite que sua forma nos últimos dois GPs não foi ideal, depois de chegar em sexto no GP do Canadá, quase um minuto atrás de seu companheiro de equipe Sebastian Vettel.

“Esta corrida e a anterior não foram ideais”, comentou Raikkonen no domingo à noite ao ser questionado sobre sua performance até agora nesta temporada.

“Espero que possamos acertar as coisas para a próxima etapa e voltar ao ponto onde deveríamos estar. Não foi o fim de semana ideal, mas ainda aceitamos os pontos que marcamos, apesar de não ser o que queríamos”.

Quando lhe pediram para dar uma nota para sua temporada até agora, Raikkonen respondeu: “Eu não preciso dar nenhum número. Tenho certeza que poderia ter feito melhor certas coisas, mas fizemos o possível e não faz sentido dar números”.

Raikkonen admitiu que enfrentou dificuldades para fazer os pneus funcionarem, particularmente no último setor do Circuito Gilles Villeneuve.

“O carro estava bom em certos pontos, mas no último setor desta pista, é sempre difícil manter os pneus funcionando após as retas. Ficava bom depois da curva 2, no setor sinuoso, mas isso se repetia todas as voltas, então eu não conseguia mantê-los aquecidos. Quando os pneus funcionam, tudo parece bom, mas assim são as coisas”.