Possibilidade de chuva pode favorecer a Sauber

Marcus Ericsson (Sauber) – Grid: 19º
“Foi uma classificação desafiadora devido às condições mistas. As primeiras voltas foram boas, mas no final do Q1 eu tive dificuldades com o superaquecimento dos pneus. Na verdade, não consegui melhorar esse conjunto de pneus para entrar no Q2. No entanto, fizemos alguns progressos no TL3 e fechamos a lacuna para nossos concorrentes diretos. Se tivermos condições de corrida semelhantes à que tivemos hoje na classificação, poderíamos ter um Grande Prêmio interessante.”

Pascal Wehrlein (Sauber) – Grid: 18º
“As condições climáticas definitivamente desempenharam um papel importante na forma como o dia se desenrolou. Era predominantemente seco pela manhã, e depois começou a chover levemente antes da classificação. Pilotar em pneus intermediários foi bom para as primeiras voltas, mas tornou-se cada vez mais difícil melhorar o tempo à medida que a pista começou a secar. Em retrospectiva, é uma pena que não tivéssemos tempo suficiente na sessão para mudar para pneus super macios. Talvez tivéssemos chance de chegar ao Q2. Certamente continua interessante, e estou ansioso para amanhã.”