Pole, Hamilton revela “muita pressão” na última volta

Lewis Hamilton admitiu que ele esteve “sob muita pressão” em sua última volta depois de ter um tempo apagado no treino classificatório do GP da Grã-Bretanha.

O piloto da Mercedes, Hamilton, tinha a pole provisória depois da primeira rodada de voltas rápidas no Q3, mas os comissários retiraram sua volta depois de ele exceder os limites de pista na Copse.

Hamilton por fim cravou 1:29.287, um pouco mais rápido do que sua volta retirada, e três décimos à frente do seu companheiro de equipe Nico Rosberg.

“Não foi o treino classificatório mais limpo”, disse Hamilton. “Tínhamos um ritmo realmente bom. Minha penúltima volta foi uma volta realmente boa, mas infelizmente foi tirada. Eu toquei a zebra e ela me jogou para fora”.

“Havia muita pressão para a última volta. Eu não podia desapontar os caras da equipe. Minha segunda volta não pareceu tão boa, mas eu estava me assegurando que estava alerta e teria uma volta limpa”.

“Agradeço a equipe, que tem feito um trabalho incrível”.

Hamilton diz que espera uma corrida “difícil”, mas está confiante sobre seu ritmo em ‘stints’ mais longos.

“Eu darei tudo que tenho. Meu ritmo em ‘stint’ longo (na sexta-feira) foi muito forte. Tenho o carro num lugar realmente bom para a classificação e para a corrida. Veremos – estou começando com o pé direito”.