Perto do início da pré-temporada, chefe de aerodinâmica deixa a Toro Rosso

A Toro Rosso passará por uma reformulação em seu departamento aerodinâmico após a saída de Brendan Gilhome, chefe de aerodinâmica da equipe.

Gilhome se juntou à Toro Rosso em julho de 2013, tendo anteriormente trabalhado como diretor de aerodinâmica na Mercedes e líder do grupo de aerodinâmica na BMW Sauber.

O australiano trabalhou com o diretor técnico James Key no desenvolvimento dos monopostos recentes da Toro Rosso, e há vários meses vinha se concentrando no STR13 impulsionado pelo motor Honda.

As razões para sua saída não foram reveladas pela equipe, que também não confirmou se o vice-chefe de aerodinâmica, Bem Mallock, substituirá Gilhome ou outra pessoa será contratada para assumir suas responsabilidades.

Haverá também uma mudança de engenheiros de corrida para esta temporada, com o coordenador de Carlos Sainz Jr, Marco Matassa, se transferindo para a Ferrari onde trabalhará no programa e jovens talentos da italiana.

A Toro Rosso está mudando para os motores Honda este ano e seu novo chassi passou no teste de colisão realizado na terça-feira.