Para Lowe, diferença de Massa e Stroll “não reflete a realidade”

O chefe técnico da Williams, Paddy Lowe, disse que a vantagem nos pontos de Lance Stroll sobre Felipe Massa “não refletem a realidade”, já que o brasileiro tem muita “má sorte”.

Lowe acredita que seja “irracional” a diferença de pontos entre Stroll e Massa como reflexo justo da temporada depois que o jovem canadense ultrapassou o brasileiro no campeonato de pilotos no México.

Stroll, de 18 anos, conseguiu o sexto lugar no GP do México e foi para 40 pontos contra os 36 de Massa.

“Eu não acho que devemos ligar muitos para os pontos que Felipe está atrás. Ele realmente teve algumas perdas importantes que não foram culpa dele”, disse Lowe.

“Baku, muitas pessoas afirmaram naquele dia que poderiam ter vencido a corrida, mas no caso de Felipe foi realmente o caso de que se o carro não tivesse quebrado, ele teria ganho a corrida.

“México teve um contato na primeira curva, então, novamente má sorte, mas Felipe teve várias coisas assim e Lance muito menos.

“Não seria justo dizer que os pontos refletem a realidade completa.”