Palmer e Grosjean culpam um ao outro por acidente na primeira volta

Jolyon Palmer, da Renault, e Romain Grosjean, da Haas, culparam um ao outro pelo acidente que causou o abandono de ambos na largada do GP da Rússia.

Palmer e Grosjean fizeram contato na Curva 2, com o piloto da Renault girando, antes de aparecer novamente no caminho de Grosjean. O segundo impacto causou o dano terminal em ambos os carros, encerrando suas corridas depois de apenas duas curvas.

Os comissários investigaram o incidente, mas determinaram que nenhum foi totalmente culpado pela colisão, e não distribuíram nenhuma punição.

“Eu tive uma largada decente o suficiente e então estava a caminho da Curva 2, havia uma Sauber do meu lado de fora, então Romain fez uma manobra muito ambiciosa pelas zebras por dentro vindo de trás”, disse Palmer.

“Não havia espaço para mim por conta da Sauber, então talvez Romain não estava ciente disto, mas ele se manteve por dentro, me acertou, então ambos saíram da corrida.

“Foi uma pena para nós dois”.

Grosjean adicionou: “Tivemos uma ótima largada e eu estava por dentro de Palmer na freada. Eu não sei porque ele virou em cima de mim. Eu estava lá e então ele virou. Eu tentei o máximo que pude no ápice da curva, mas ele me acertou, rodou e então me acertou novamente.

“O carro ficou muito danificado e nossa corrida estava encerrada”.