Paddy Lowe espera grandes desafios na Malásia

Sendo a Malásia uma das três corridas em que a Mercedes não conseguiu vencer em 2015, Paddy Lowe, diretor-técnico da equipe alemã, está motivado para fazer o trabalho certo desta vez.

A Petronas, que é patrocinadora da Mercedes, também é a empresa de petróleo e gás nacional do país, que é outra razão pela qual Lowe está ansioso para Sepang.

“Estamos todos muito ansiosos para a Malásia”, explicou Lowe. “Com Kuala Lumpur sendo a casa da Petronas, vemos muito esta corrida como uma das nossas”.

“Em 2015, não conseguimos a vitória, que foi extremamente decepcionante, por isso temos ainda mais motivação para voltar e acertar desta vez”.

Lowe explicou que esta é uma das pistas mais difíceis do calendário da Fórmula 1 devido às altas demandas.

“Focando sobre os aspectos técnicos do circuito, é um fim de semana muito desafiador”, disse ele. “O calor e a umidade tornam a vida igualmente difícil para os pilotos, equipes e carros, enquanto a ação na pista muitas vezes pode ser afetada pela chuva, que tende a ser muito pesada e chegar de repente”.

“Sepang coloca uma ênfase na potência, na eficiência aerodinâmica e na aderência mecânica, por isso estamos ansiosos para ver como estamos e com o objetivo de mostrar um bom desempenho para os fãs da Malásia”.