Nico Rosberg: O carro estava “no limite” em Cingapura

Nico Rosberg descreveu sua Mercedes W07 Hybrid como estando “no limite” ao quase ser superado por Daniel Ricciardo, da Red Bull, para conquistar a vitória em Cingapura.

O alemão controlou desde a largada, mas decidiu ficar na pista com os pneus macios enquanto Ricciardo parou para calçar os supermacios com 13 voltas para o final, reentrando na pista quase meio minuto atrás.

O australiano imediatamente destacou-se nas telas de cronometragem e começou a diminuir a diferença para Rosberg, antes de cruzar a linha de chegada 0.4 segundos atrás do alemão.

Rosberg ficou aliviado ao conquistar a vitória em Cingapura pela primeira vez em sua carreira, tendo que gerir seus freios durante a maior parte da corrida.

“Foi um fim de semana incrível aqui em Cingapura para mim”, disse. “Tive uma ótima largada e tive um bom carro na corrida”.

“Daniel tentou me superar com o pit-stop no final da corrida. Sabíamos que seria apertado, mas deu certo, então estou muito, muito feliz. Todo o carro estava no limite, é sempre assim aqui, então é mais do que satisfatório vencer uma corrida como esta”.

Rosberg voltou a liderar o campeonato por oito pontos depois de Hamilton terminar a corrida de hoje em terceiro, mas insiste que o título não é a primeira coisa que vem em sua cabeça.

“Não estou focado nos pontos, como sempre digo – estou apenas feliz com a vitória”, concluiu.

Rosberg venceu as três últimas corridas, incluindo Bélgica e Itália.