Nico Rosberg mantém domínio e faz a pole-position em casa

Nico Rosberg bateu seu companheiro Lewis Hamilton na disputa pela pole-position do GP da Alemanha, assegurando que ele liderou todas as sessões até agora neste fim de semana, apesar de problemas eletrônicos o assustar no Q3, que o restringiu a somente uma volta rápida.

Hamilton liderou a primeira rodada do Q3, com Rosberg abandonando seu primeiro esforço quando seu carro sofreu um problema eletrônico, que cortou seu acelerador. Mas tendo uma vantagem sobre o britânico durante todo o fim de semana, o alemão fez valer a sua única volta rápida, cravando 1:14.363 para terminar um décimo à frente.

Hamilton e Rosberg, separados por seis pontos, estão agora empatados na disputa interna da Mercedes nos treinos classificatórios.

A Red Bull, cerca de meio segundo atrás, terminou como o melhor do resto, à frente da sua principal rival Ferrari, com Daniel Ricciardo superando seu companheiro de equipe Max Verstappen.

Kimi Raikkonen superou Sebastian Vettel na disputa pela quinta posição, com os pilotos da Williams e Force India apenas alguns décimos atrás, completando o top 10.

Nico Hulkenberg ficou com a sétima posição, à frente de Valtteri Bottas, enquanto Sergio Perez superou Felipe Massa pela nona posição.

Esteban Gutierrez, em 11º, perdeu por pouco sua primeira aparição no Q3 pela Haas, com Massa e Perez melhorando suas marcas já depois da bandeira quadriculada do Q2.

Jenson Button foi o melhor piloto da McLaren em 12º, duas posições e um décimo à frente do seu companheiro Fernando Alonso, que sofreu com o tráfego e espalhou demais na Curva 12 em sua volta final.

Carlos Sainz Jr., da Toro Rosso, ficou entre os dois campeões mundiais, porém está sendo investigado pelos comissários por atrapalhar Massa durante o Q2.

Romain Grosjean, da Haas, e Jolyon Palmer, da Renault, vieram na sequência, com Palmer participando do Q2 pela primeira vez desde a abertura da temporada na Austrália.

Grosjean perderá cinco posições no grid, no entanto, por conta de uma troca de caixa de câmbio.

Kevin Magnussen não conseguiu acompanhar seu companheiro Palmer, apenas um centésimo à frente de Pascal Wehrlein, da Manor, que ameaçou fazer outra aparição no Q2.

Daniil Kvyat só conseguiu a 19ª posição na outra Toro Rosso, reclamando muito pelo rádio quando foi informado que Sainz Jr. tinha progredido tranquilamente.

Rio Haryanto encerrou uma sessão encorajadora para a Manor em 20º, superando as duas Sauber de Felipe Nasr e Marcus Ericsson, com o sueco cometendo um erro em sua última volta.

Grosjean largará à frente somente dos pilotos da Sauber depois de aplicada a sua punição.

O GP da Alemanha será realizado neste domingo a partir das 9h (horário de Brasília). A F1Mania, como de costume, acompanha a corrida com você em TEMPO REAL.

 

Confira o grid de largada:

20160730_germangp_qualify