Nasr encontra Temer, mas nega posicionamento político

Felipe Nasr negou ter tomado uma posição política nesta semana após fazer uma visita oficial ao presidente em exercício do Brasil, Michel Temer.

A presidente eleita do Brasil, Dilma Rousseff, foi recentemente suspensa em meio às acusações de corrupção e crimes fiscais e pode sofrer impeachment. Ela alega que sua suspensão é um “golpe” antidemocrático, mesmo diante de acusações muito sérias e condizentes.

De fato, Temer foi amplamente vaiado na cerimônia de abertura das Olimpíadas no Rio de Janeiro e optou por não comparecer à cerimônia de encerramento. Em seu lugar Rodrigo Maia irá passar a chave para o próximo país sede, o Japão.

Foi em meio a todas essas controvérsias que Nasr visitou Temer em seu escritório nesta semana. Entretanto, o piloto da Sauber, um dos dois brasileiros no grid da Fórmula 1, negou ter tomado uma posição política.

“Eu não vim para mostrar apoio”, declarou ele ao jornal ‘O Estado de S. Paulo’. “Vim como representante do Brasil e para mostrar minha disposição a ajudar o país. Sou um representante do meu país, independente do partido, independente de gostar ou não”.