Na Rússia, Toro Rosso marca apenas um ponto com Sainz

Carlos Sainz (Toro Rosso) – 10º lugar
“Que corrida dura, principalmente porque largamos atrás devido à punição no grid… Mas fizemos tudo certo: a largada, a primeira volta, o pit-stop, a estratégia… Podemos ficar felizes! Fizemos uma boa prova e nos recuperamos bem, creio que o 10º lugar era o melhor resultado possível. Após o pit-stop, foi uma corrida solitária para mim e só tive de controlar a diferença para Stroll. Devo dizer que agora estou ansioso pela próxima etapa em Barcelona – é uma pista onde sempre andei muito bem, e correr diante do meu público é sempre especial. Também tenho minha própria arquibancada lá, então haverá muitas pessoas me apoiando e certamente será um dos destaques do fim de semana.”

Daniil Kvyat (Toro Rosso) – 12º lugar
“Minha largada não foi das melhores e perdi um pouco de tempo. Durante meu pit-stop, conseguimos passar Magnussen apesar de termos sido superados por Stroll, e durante meu segundo trecho, infelizmente recebi muitas bandeiras azuis e perdi mais tempo por ter de abrir passagem para os líderes. Gostaria de apontar que meus primeiros comentários após sair do carro esta tarde talvez tenham sido duros demais com a equipe – depois de conversar com meus engenheiros, entendi por que a equipe me chamou um pouco cedo para o primeiro pit-stop: naquele momento, foi uma decisão bastante difícil e ninguém sabia que os líderes ficariam na pista por tanto tempo. O lado positivo é que a última parte da prova com ar limpo foi fantástica – nós estávamos voando e o carro estava ótimo! Agora, precisamos levar o que deixou o carro tão bom para as próximas etapas.”