Monza pode renovar acordo com Bernie Ecclestone em maio

Ainda não está claro se o histórico circuito de Monza vai continuar a sediar o ameaçado GP da Itália,  depois da corrida de setembro de 2016.

As negociações de Bernie Ecclestone com os organizadores da corrida têm sido publicamente tumultuadas, culminando com a recente demissão de Ivan Capelli da entidade organizadora Sias.

Mas o presidente da Sias, Andrea Dell’Orto, insiste que continua no cargo.

“Eu absolutamente me recuso a abandonar meu papel tendo sido empossado com um mandato preciso”, insistiu.

Mas a revista ‘Autosprint’ agora relata que a longa saga política “pode terminar de forma positiva” dentro dos próximos dias, talvez com a saída forçada de Dell’Orto.

Depois disso, “um acordo com Ecclestone poderia ser feito nos primeiros dias de maio”, explicou o correspondente Alberto Sabbatini.