Mônaco reforça bueiros depois de incidente envolvendo Button

Comissários do GP de Mônaco inspecionaram todas as tampas de bueiros do circuito e reforçaram os vulneráveis em uma tentativa de evitar que se soltassem novamente.

A primeira sessão de treinos viu a bandeira vermelha depois de uma tampa de bueiro na saída da Ste Devote se soltou, furando o pneu traseiro esquerdo de Nico Rosberg e batendo na dianteira direita do McLaren de Jenson Button.

Button elogiou o trabalho que os comissários fizeram no circuito, mas disse que o incidente não deveria ter acontecido.

O diretor de prova da FIA, Charlie Whiting, inspecionou a cena após o incidente e a tampa foi soldada no lugar.

Foi informado então, que a tampa do bueiro era para inspeções, medindo cerca de 25 por 25 centímetros, que rachou e se soltou.

Todas as tampas foram inspecionadas, fixadas e soldadas em quatro lugares mas evidentemente, isso não foi suficiente já que quando a tampa quebrou, as soldas não eram grandes o suficiente para mantê-la no lugar.

Como resultado, todas as tampas vulneráveis foram novamente inspecionadas e soldadas em uma parte maior de sua circunferência, antes da corrida de apoio dessa sexta-feira.