Mercedes ainda está na frente, afirma Berger

Gerhard Berger acha cedo demais para afirmar que a Ferrari é a favorita ao campeonato mundial em 2017.

O austríaco passou duas temporadas na Ferrari durante sua carreira, incluindo uma vitória em Melbourne pela escuderia de Maranello.

“Depois de apenas uma corrida em um circuito de rua como Melbourne, é difícil avaliar adequadamente a hierarquia(das equipes)”, disse ele à emissora austríaca ‘Servus TV’.

“Digo que precisamos aguardar três provas para ter um cenário mais claro. Mas, para mim, está claro que a Ferrari deu um grande salto, o que me surpreendeu.”

“No momento, vejo a Mercedes à frente na classificação e talvez menos na corrida. Porém, isso teve mais a ver com circunstâncias. Acredito que a Mercedes continua na liderança”.

“É claro que, como fã, todos nós esperamos que as três equipes de ponta estejam juntas (Red Bull, Mercedes e Ferrari), assim poderemos assistir a um grande campeonato mundial”, concluiu Berger.

Berger também repreendeu Lewis Hamilton. Recentemente Hamilton afirmou que para este ano a disputa é entre “o melhor contra o melhor”.

“Desculpe, mas o que Lewis disse é um absurdo”, disse Berger. “Na Fórmula 1 existem pilotos como (Daniel) Ricciardo, (Max) Verstappen e (Nico) Rosberg que estão no topo, em um nível superior, não é apenas sobre Lewis e Sebastian (Vettel).