McLaren nega possibilidade de construir seu próprio motor

A McLaren descartou qualquer possibilidade de construir seu próprio motor de Fórmula 1 em meio aos contínuos problemas de sua parceira Honda.

A equipe de Woking iniciou a temporada 2017 esperando melhorias após os dois primeiros anos decepcionantes com o novo programa da Honda, mas a falta de confiabilidade e potência da nova unidade japonesa prejudicou os testes de pré-temporada.

Apesar da divisão ‘Automotive’ da McLaren construir um motor próprio para seu carro de rua, Zak Brown, diretor executivo da McLaren, negou quaisquer sugestões de que ela poderia substituir a Honda.

“A McLaren Automotive é uma unidade de negócios diferente com alguns acionistas em comum, e nós trabalhamos muito próximos deles”, declarou Brown.

“O motor deles é um McLaren, mas a equipe de F1 possui um conjunto diferente de prioridades econômicas e maneiras de correr, portanto não conversamos sobre isso”.

“Quem sabe o que podemos fazer em 10 anos? Mas isso não é um tópico de discussão (agora). Não somos construtores de motores, somos uma equipe de corrida e construtores de carros”.