McLaren minimiza expectativa do “novo” carro para GP da Espanha

Eric Boullier, chefe da McLaren, quer manter as expectativas “sob controle” enquanto a equipe de Woking se prepara para revelar melhorias para o próximo GP da Espanha.

A McLaren ainda tem uma lacuna considerável para “encostar” nas equipes da frente no grid, até mesmo chegar perto da Red Bull, com quem compartilha o mesmo fornecedor de motores – Renault.

O GP da Espanha tem sido apontado como a corrida em que “veremos a verdadeira McLaren aparecer” e no qual as atualizações planejadas, tornariam o MCL33 o carro com o qual o time desejava começar a temporada.

Depois de inclusive sugerir que, o carro usado atualmente fosse apenas uma atualização do ano passado e que um novo projeto estava a chegar, Boullier foi cauteloso. Ele avisa que as melhorias podem não ser tão grandes quanto muitos esperam.

>> McLaren promete “verdadeiro” carro de 2018

“Há uma nova direção para Barcelona. Mas você não pode esperar que saltemos à frente de todos os outros. Acho que 95 por cento do paddock trará novos pacotes aerodinâmicos para Barcelona, ​​então a diferença será a mesma, perdemos algum terreno ou talvez ganhemos um pouco”, confirmou Boullier ao jornal “El Confidencial”.

“Depende de nós que nossa evolução funcione e corresponda às nossas próprias expectativas, e então esperar que os outros não possam fazer o mesmo”, revelou o chefe de equipe.