McLaren fala em desenvolver motor para 2021: “Quanto irá nos custar?”

A McLaren está considerando desenvolver seu próprio motor de Fórmula 1 com a entrada dos novos regulamentos em 2021.

Com os rumores dando certo que a McLaren irá trocar a Honda pela Renault pelos próximos anos, sabe-se que outras oportunidades podem surgir à longo prazo.

Falando durante o fim de semana na Itália, o diretor executivo da McLaren, Zak Brown, disse que o cenário do motor poderia sugerir uma mudança drástica com a chegada dos novos regulamentos em 2021.

“Estamos interessados em ver qual é a nova ‘fórmula’ do motor para 2021 – e se consideramos fazer nosso próprio mecanismo, ou se outras fabricantes entrarão sob as novas regras”, disse Brown.

“Então, agora, temos que nos concentrar nos próximos três anos e ,assim que conseguirmos isso, então sim, claro, temos que olhar as possibilidades.

“Eu acho que o cenário da Fórmula 1 vai mudar de forma muito positiva à partir de 2021, com os limites de orçamento, redistribuição de receita e novas regras de motor.

“Então, é um pouco complicado tomar qualquer decisão sobre ’21’ com tantas coisas que irão ser alteradas”, disse Brown ao ‘Autosport’.

Apesar de deixar em aberto a possibilidade de construir um motor “do zero”, Brown destacou a dificuldade que a McLaren poderia ter nessa tarefa.

“Para nós, fazer nosso próprio motor, não é algo que já fizemos antes – de modo que exigiria um bom tempo e bastante emprego de capital”, explicou.

“Nós consideramos sim fazê-lo. Precisamos ter uma compreensão da plataforma, quais são as regras e quanto irá nos custar.

“Nós certamente não estamos em posição de gastarmos centenas de milhões que se gasta para desenvolver motores, então eles teriam que mudar a fórmula do motor para que seja algo que economicamente seria viável para nós”.