Max Verstappen nega que precise “acalmar-se”

Max Verstappen vem sendo assunto frequente desde a primeira corrida da temporada 2018 de Fórmula 1. Já no primeiro GP da Austrália, o jovem piloto da Red Bull rodou com o carro na pista, ao tentar uma ultrapassagem sobre a Haas de Kevin Magnussen. Na segunda corrida, o GP do Bahrein, Verstappen teve que abandonar a prova, após um contato roda a roda com a Mercedes de Lewis Hamilton.

No mais recente GP, na China, o holandês atingiu a Ferrari de Sebastian Vettel, o que custou posições na pista para ambos os pilotos, e uma punição de 10 segundos à Verstappen.

Apesar dos recorrentes fatos, Max diz que não acha que precise se acalmar, e quando questionado sobre o assunto, o piloto de 20 anos respondeu: “É fácil comentar isso. Justo no momento que não está saindo do jeito que eu gostaria, mas isso realmente significa que eu tenho que me acalmar?”, disse Verstappen.

E o piloto mesmo respondeu: “Acho que não. É muito lamentável que essas coisas aconteçam. Eu só preciso analisar tudo e tentar voltar mais forte para a próxima corrida”, completou o jovem da Red Bull.

Recentemente, o tricampeão mundial de Fórmula 1 Niki Lauda, fez duras críticas ao piloto da Red Bull, após os incidentes ocorridos na etapa da China.

>> Lauda questiona erros de Max Verstappen