Max Verstappen: “Dominaríamos se tivéssemos motor Mercedes”

Se houvesse um motor Mercedes na parte traseira de seu carro, a Red Bull Racing teria dominado a Fórmula 1 de acordo com Max Verstappen. O holandês afirma que o chassi da equipe austríaca é “muito bom”, mas que a unidade de potência da Renault ainda tem um déficit.

“Se tivéssemos um motor Mercedes nas costas, eles nunca mais teriam nos vistos”, disse Verstappen ao ‘Motorsport.com’. Embora a Renault tenha feito alguns progressos nos últimos anos, de acordo com o Limburger, a fonte de energia francesa em 2017 ainda forneceu menos energia do que os outros fabricantes, com exceção da Honda. Verstappen menciona o MGU-H como um lugar vulnerável. “O nosso não é tão estável como comparar o que a Mercedes e a Ferrari têm, mas isso tem a ver com coisas diferentes, caso contrário, elas resolveriam há muito tempo”.

Apesar da unidade de potência da Renault ser um pouco mais fraca, a Red Bull ganhou três corridas na temporada passada. Daniel Ricciardo venceu na etapa caótica de Baku, no outono do hemisfério norte Verstappen foi o melhor nos GPs da Malásia e do México.