Massa reúne amigos, bate bola no Morumbi e relembra homenagem em Interlagos

Piloto ainda ganhou presente do ídolo Rogério Ceni, que retornou ao Estádio do Morumbi para jogar na linha.

Quem acompanhou o épico GP do Brasil no último domingo não imaginava que Felipe Massa tivesse condiçōes físicas e psicológicas de encarar outro grande desgaste, após a forte emoção que tivera em Interlagos, após abandonar o GP na volta 48.

Na tarde chuvosa desta segunda-feira, o brasileiro reuniu amigos para bater uma bola em prol de crianças carentes, no Estádio do Morumbi. inclusive com um convidado ilustre, o ex-goleiro e ídolo da torcida do São Paulo e de Felipe Massa, Rogério Ceni.

Entre outros amigos estavam os pilotos de Stock Car, Thiago Camilo, Antônio Pizzonia, Popó Bueno, Guilherme Salas, entre outros, como seu irmão, Dudu Massa.

O resultado da partida pouco importou, pois a diversão foi plena de todos, mesmo com a forte chuva que caiu no momento do jogo. Ainda de “ressaca”, após do emocionante desfecho do GP do Brasil, Massa disse que mal conseguiu descansar.

“Dormi muito pouco, pra falar a verdade – tive festa com os amigos na minha casa, momento para curtir a família e os amigos e dormi pouco. Não sei nem como eu consegui correr tanto hoje aqui no campo e já estou indo embora hoje pra Mônaco (residência do piloto na Europa)˜, disse.

Questionado se tinha visto pela televisão a transmissão da corrida, o piloto voltou a se emocionar.

“Eu não tive tempo de assistir a corrida ainda, assisti só aquele momento (de sua batida e da homenagem), onde tudo aconteceu, vi o vídeo do Galvão (Bueno, narrador da Rede Globo) chorando, Reginaldo (Leme, comentarista da Rede Globo) se emocionando, o Luciano (Burti, comentarista da Rede Globo), toda a torcida e me emocionei demais assistindo, mas eu não vejo a hora de chegar em casa e assistir tudo de novo, pois é um carinho que sempre vai ficar no meu coração”, comentou.

O piloto da Williams também declarou que nunca imaginaria que o encerramento da sua carreira diante da torcida brasileira seria da forma que foi.

“Não imaginava que iria ser dessa forma, acho que nem merecia tudo isso pra falar a verdade, foi um momento muito especial pra mim, vou lembrar disso por toda a minha vida”, exaltou.

Por fim, Massa já sabe o que vai levar de positivo para Abu Dhabi, última etapa da F1 esse ano, o GP de número 250 de sua carreira e derradeira prova de sua história na categoria.

“Vou tentar fazer o meu melhor, agora será o encerramento de verdade da minha carreira na Fórmula 1, então eu vou tentar fazer uma corrida boa, tentar fazer o melhor e encerrar de vez esse momento muito importante pra mim e a Fórmula 1, que sempre foi o meu sonho, que está se encerrando agora pelo lado do piloto, depois tem muita coisa pra fazer ainda, mas ali vai ser o encerramento da minha corrida 250˜, finalizou.

O GP de Abu Dhabi acontece daqui a duas semanas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *