Massa: Falta de peças limitou o treino das equipes

A falta de peças sobressalentes das equipes de Fórmula 1 foi um elemento decisivo para a falta de ação nos treinos livres de sexta-feira em Melbourne, admitiu Felipe Massa.

A Williams foi particularmente discreta no primeiro dia da temporada 2016, com Massa e Valtteri Bottas completando apenas seis voltas cada um na sessão da manhã e esperando até os momentos finais do segundo treino para fazer duas voltas de instalação e treinar pit-stops.

Ao ser questionado se a falta de peças relevantes fez a Williams evitar a pista molhada, Massa respondeu: “Sim, estamos com falta de peças, foi por isso que não andamos. Vimos outras equipes fazendo o mesmo, então talvez elas estejam enfrentando problemas parecidos”.

Nico Rosberg destruiu uma das novas asas dianteiras da Mercedes quando aquaplanou e bateu no muro no começo do treino da tarde. De acordo com Massa, isso provou que a Williams tomou a decisão correta.

“Foi por isso que decidimos ficar na garagem. No caso de uma batida, seria muito complicado para nós extrair o melhor do fim de semana considerando as partes que temos para o carro”, disse o brasileiro.