Massa afirma que sem ele Williams terá um caminho “muito pior”

Felipe Massa acredita que a Williams terá um caminho “muito pior” se ele não for mantido ao lado do novato Lance Stroll para a temporada 2018.

A Williams está avaliando Robert Kubica e Paul di Resta em seu carro de 2014 entre os GPs do Japão e Estados Unidos, mas o chefe técnico Paddy Lowe insistiu que Massa está entre os outros pilotos ainda na disputa pela vaga.

“É frustrante que a equipe esteja tentando seguir uma direção que realmente pode ser muito pior do que continuar igual”, declarou Massa.

“Você vê Lance crescendo bastante, e eu estou fazendo um ótimo trabalho na pilotagem, para ser honesto. Creio que a equipe tem um caminho que só pode ser positivo se continuar assim”.

“Se a equipe mudar algo, eles podem pagar mais do que custa para me manter! A equipe sabe 100% o que sou capaz de fazer”.

Massa acha que Lowe é favorável à sua permanência, mas considerações financeiras podem se mostrar decisivas.

“Eu realmente gosto de Paddy, e Paddy sabe o que é melhor para a equipe”, argumentou Massa. “Talvez a decisão não seja 100% dele e eles sejam obrigados a decidir com base em outras coisas”.

“Infelizmente, o dinheiro faz parte deste jogo, nem sempre da maneira correta para pilotos e equipes profissionais”.

“É por isso que acho que, se a Williams continuar na direção em que está agora, ela estará se comportando como uma equipe de ponta profissional. Caso contrário, eles estão pensando em coisas diferentes”.

Massa disse que sua motivação melhorou em 2018 já que ele gosta de pilotar os novos carros de 2017.

“Eu sinto que estou tirando o melhor proveito do carro”, disse ele.

“Eu me sinto muito confortável dirigindo este carro. O carro deste ano para o meu estilo de condução é uma conexão muito boa.

 

“Então eu ainda acredito que posso dar, é por isso que eu quero continuar”.