Manor esperava por rodadas de Rio Haryanto

Rio Haryanto fez sua estreia na Fórmula 1 nos teste de pré-temporada na semana passada e a equipe não vê motivo de preocupação para o início da temporada.

O indonésio enfrentou um início difícil com o carro novo da Manor na semana passada, quando completou as primeiras voltas desde que foi confirmado como piloto de F1 de 2016.

Mas, apesar dos problemas enfrentados no segundo dia, no qual Haryanto danificou sua asa traseira, Dave Ryan – diretor da Manor – diz que tais incidentes não são nada fora do comum para um estreante.

Quando perguntado se Haryanto estava tentando encontrar o limite, Ryan disse: “Sim, acho que sim. Para ser honesto, eu ficaria surpreso se eles não tivessem um par de incidentes.”

“Mas, por enquanto ele vai aprender a partir de suas experiências, isso é bom, e isso não vai nos custar, vamos começar com ele”, explicou Ryan.

Ryan acredita que, embora Haryanto e o companheiro de equipe Pascal Wehrlein são ambos estreantes, eles estão vindo para o ano com níveis muito diferentes.

“Obviamente, Pascal veio de um ano espetacular, ganhando um campeonato, ele acumulou muita quilometragem em um carro de F1 e, por isso ele tem muita experiência e sabe o que esperar”.

“Então, para ele, era provavelmente a transição para a Manor que seria um grande problema”.

“Para o Rio, é justamente o oposto. Ele está fazendo uma trajetória para avançar em sua carreira. Então, com aspectos diferentes de condução, mas ambos são grandes jovens, que estão apenas se divertindo, não estão aqui para fazer número”, concluiu Dave.