Magnussen admite nervosismo em seu retorno

Kevin Magnussen admitiu que se sentiu nervoso antes de seu retorno à Fórmula 1.

Com o novo carro e nova escuderia, Renault, Magnussen participou pela primeira vez dos testes no Circuito da Catalunha nesta quarta-feira. Magnussen selou seu retorno à Fórmula 1 com a Renault após os patrocinadores do Pastor Maldonado se desentenderem com a empresa francesa.

Depois de seu companheiro Jolyon Palmer abrir a temporada com o RS16 nos dois primeiros dias, Magnussen teve sua primeira experiência do carro ontem, e diz que levou tempo para se sentir totalmente confortável.

“Eu estava indo muito nervoso”, admitiu Magnussen que foi ‘deixado’ de lado na McLaren para acomodar o retorno de Fernando Alonso para a equipe.

Magnussen foi cauteloso quando perguntado ao comparar o novo Renault para a McLaren no ano passado.

“Algumas coisas são melhores, eu diria … a base do carro, o equilíbrio do carro e as características são é muito boas, pelo menos para o meu estilo de condução”, disse Magnussen.

“É bastante fácil de conduzir, é bastante previsível, o que é uma boa base, mas você sempre precisa de mais downforce e você sempre vai precisar de mais energia, por isso espero que permaneça assim”, concluiu o piloto dinamarquês.