Massa não foi uma ‘má opção’ para Williams, diz Lowe

O diretor técnico da Williams, Paddy Lowe, acredita que Felipe Massa não é uma “má opção” para substituir Valtteri Bottas na temporada de Fórmula 1 de 2017, dizendo que é um grande admirador do piloto brasileiro.

Massa planejava se aposentar da F1 no final de 2016, mas a trsnferência de Bottas para a Mercedes em decorrência da aposentadoria de Nico Rosberg, abriu um assento na equipe britânica.

Depois de conversar com Claire Williams, Massa concordou em retornar para 2017 como parceiro de Lance Stroll, e já teve um ótimo resultado ao terminar em sexto a primeira corrida na Austrália.

Apesar de perder um piloto da habilidade de Bottas, Lowe está confiante de que Massa tem o que é preciso para substituir o finlandês e liderar a Williams em 2017.

“A formação que temos com Felipe e Lance é realmente empolgante”, disse Lowe. “Fui um grande admirador de Felipe ao longo de sua carreira. Ele teve uma temporada absolutamente incrível em 2008, perdendo por pouco o campeonato para Lewis (Hamilton). Admiro Felipe e seu desempenho, então é realmente muito bom chegar e trabalhar com ele”.

Quando perguntado se a Williams devia procurar um piloto de grande nome para 2018, Lowe foi rápido em expressar sua confiança na formação existente.

“Eu não vejo Felipe como uma má opção. Nosso foco é fazer um grande campeonato com os dois pilotos que temos”.