Liberty quer conquistar os fãs “de longa data” da F1: “São essenciais”

Chase Carey admitiu que a Liberty Media tem uma grande tarefa: conquistar os fãs de “longa data” da F1.

A companhia norte-americana, nova proprietária da categoria, acabou com o longo reinado de Bernie Ecclestone, fazendo mudanças neste ano e planejando alterações ainda maiores para o futuro.

Mas o chefe executivo da F1, Carey, disse que não será uma tarefa uma tarefa fácil.

“Provavelmente o mais difícil são as pessoas que foram fãs desde o início, que gostaram q cresceram com ela”, Carey falou ao ‘Auto Hebdo’ da França.

“Eles representam a base do esporte. Esses fãs são essenciais”, acrescentou.

“Mas queremos despertar interesse em uma nova audiência também, e para isso devemos encontrar soluções que respeitem o elemento histórico – o que tornou essa categoria tão especial – enquanto atrai novas pessoas ao mesmo tempo.

“Nós queremos ser interessante também para a nova geração”, disse ele.