Lewis Hamilton aliviado por terminar no pódio

Lewis Hamilton admitiu alívio depois de conseguir se recuperar até o pódio depois de ser acertado pelo rival da Williams, Valtteri Bottas, na primeira curva do GP do Bahrain.

Hamilton caiu da pole-position, mas conseguiu sustentar a segunda posição, até ser acertado por Bottas, causando dano em sua Mercedes W07 Hybrid, fazendo com que ele caísse para sétimo.

Hamilton conseguiu se recuperar até do terceiro lugar, porém ficou 17 pontos atrás do seu companheiro de equipe Nico Rosberg, que conquistou uma segunda vitória consecutiva na temporada.

Esta marca a segunda corrida em sequência na qual Hamilton perde posições na largada, depois de cair de primeiro para sexto na primeira volta na Austrália, antes de conseguir subir para segundo.

“Eu acho que foram dois incidentes separados (as duas largadas ruins), mas ambos igualmente dolorosos, talvez hoje um pouco mais”, disse.

“Apesar disto, conseguimos subir e conquistar alguns pontos, então novamente limitação por dano”.

“Parabéns ao Nico. Foi uma corrida um tanto quanto fácil para ele eu diria, mas estou feliz que não foram mais pontos, já que eu poderia não ter terminado a corrida”.

Hamilton ficou na pista até mais tarde antes de fazer seu terceiro e último pit-stop e admitiu que a Mercedes estava trabalhando com a possibilidade de uma interferência do Safety Car numa tentativa para superar Kimi Raikkonen.

“A equipe estava à espera de um potencial Safety Car”, explicou.

“Eu tinha tantos danos no meu carro que eu não conseguia acompanhar o Kimi, eu estava lutando, mas a traseira do carro estava perdida”.

“Eu fiz o que eu podia e, no final, eu estava tentando manter os pneus caso tivéssemos uma oportunidade com o Safety Car, mas ela não veio”.