Largando em último, Alonso chegou na P11 em Suzuka

Fernando Alonso (McLaren) – P11
“Largamos em 20º e chegamos em 11º com uma boa recuperação, apenas um pit-stop e começando com pneus usados. Foi um esforço enorme de todos na equipe. Após a punição, acho que merecíamos aquele ponto – lutamos ao máximo por ele. Foi uma situação infeliz com Felipe perto do final. Ele estava tendo sérias dificuldades com seus pneus quando houve o safety car virtual. Isso permitiu que ele respirasse um pouco. Depois, nas duas últimas voltas, os líderes nos alcançaram; Felipe novamente escapou do ataque e acabou ficando com o 10º lugar. Tentaremos mais uma vez em Austin. Espero que sem penalizações e de nossa posição normal no grid. E com um pouco mais de sorte…”

Stoffel Vandoorne (McLaren) – P14
“Tivemos algumas boas provas, mas a de hoje foi realmente para esquecer. Fiz uma largada razoável; então, quando entramos na curva 2 com todos tentando encontrar espaço, fui atingido por Kimi. Não acredito que foi intencional, só estávamos no lugar errado no momento errado. Minha tarde ficou comprometida a partir daquele ponto – perdi posições e fiz minha corrida solitária até a bandeirada. De qualquer modo, Suzuka é um lugar bastante especial, é uma pena que não tenhamos conseguido um bom resultado para todos os milhares de fãs nas arquibancadas. A equipe merece uma pequena folga depois desta dura rodada tripla na Ásia. Eles fizeram um trabalho fantástico nas últimas três etapas, e agora é hora de voltar à Europa e pensar nas quatro corridas finais.”