Kvyat e Sainz culpam um ao outro por acidente em Silverstone

Daniil Kvyat e Carlos Sainz culparam um ao outro pelo batida entre eles que arruinou as ambições de Toro Rosso em Silverstone neste domingo.

Sainz e Kvyat entraram na Maggots lado a lado, mas ao contornar a curva seguinte, a Becketts, Kvyat perdeu tração no meio dela e espalhou pra cima de Sainz.

O espanhol então abandonou, enquanto Kvyat conseguiu continuar, mas uma penalidade e danos no assoalho o deixaram lutando por P15 na bandeirada.

“É muito claro nas câmeras o que aconteceu”, disse Sainz depois. “Estávamos lutando por posição, mas dando espaço um ao outro, então um carro perde o controle e colide com o outro não?

“É uma pena com certeza, não é bom para a equipe, mas é uma discussão e análise que permanecerá entre nós. É algo que precisamos conversar entre nós”.

Kvyat, no entanto, disse que Sainz atravessou na frente dele sentiu sua punição por “voltar à pista de forma insegura” e causar o acidente foi injustificada.

“A frustração é que eu o ultrapassei na curva 11 – e, obviamente, você pega a parte suja e substerça”, disse Kvyat.

“O carro vem com uma velocidade tão grande e desde que você tem o substerço e seu companheiro de equipe não vê, você e cruza na frente, você bate.”

“Minha frustração é por causa da punição. Os comissários dizem para você correr, você corre e então isso acontece. Minha corrida doi prejudicada, a corrida dele foi prejudicada e eles me penalizam. Eu não sei o que eles querem.”

Perguntado se o acidente semearia mais tensões na Toro Rosso, Sainz – cujo futuro está sujeito a especulações generalizadas – acrescentou: “Quando há situações fora do seu controle, não é como se eu estivesse tenso sobre isso.”

“Estou relaxado, é uma dessas coisas que acontece uma ou duas vezes por ano e precisamos manter a cabeça erguida e animar toda a equipe, pois eles devem ficar desapontados com isso – e virar a página.”

“No momento, não estou pensando em mais nada do que ir à Hungria com minha equipe de Toro Rosso e tentar recuperar essas duas últimas corridas ruins”.

Além de sua punição na corrida, Kvyat recebeu dois pontos de penalidade em sua super licença da FIA, levando-o a nove pontos no total nos últimos 12 meses. Um total de 12 pontos resulta em uma suspensão automática de uma corrida.