Hulkenberg comemora “uma das minhas melhores voltas em treino classificatório”

Nico Hulkenberg, da Renault, diz que ele entregou “uma das minhas melhores voltas em treino classificatório” na Fórmula 1 em sua jornada ao sétimo lugar no grid para o GP do Bahrain.

O alemão, tendo figurado no top 10 no TL2 e TL3, confortavelmente chegou à fase final do treino classificatório com o quinto melhor tempo, atrás somente dos pilotos da Mercedes e Ferrari.

No Q3 especificamente, ele cravou o sétimo tempo – repetindo sua posição de largada do GP da China – com 1:29.842, com os pilotos da Red Bull ficando à sua frente.

Hulkenberg expressou sua satisfação com o resultado e comparou sua volta ao que ele entregou para conquistar a pole-position no treino classificatório no Brasil em 2010.

“Estou muito satisfeito e feliz”, disse Hulkenberg. “Isto foi realmente o máximo e uma das melhores voltas classificatórias que posso lembrar, junto com a do Brasil”.

“Este é um circuito um pouco traiçoeiro para conseguir acertar 100% da volta e consegui fazer isto no Q3, então estou muito orgulhoso e feliz com isto – a equipe fez um trabalho ótimo ontem e hoje”.

O alemão da Renault admitiu, no entanto, que ele está “alerta” sobre a corrida, tendo se classificado em sétimo em Xangai no fim de semana passado antes de terminar em 12º, uma volta atrás do líder, na corrida.

“Uma semana atrás tivemos um treino classificatório similarmente bom, mas no dia seguinte deu errado”, disse ele. “Começamos muito bem, agora precisamos ter certeza que conquistaremos estes pontos de Páscoa!”.

“No domingo passado estávamos sofrendo com falta de ritmo de corrida no seco e o equilíbrio não parecia bom, mas tentamos algumas coisas diferentes, o carro está um pouco diferente, então esperamos que amanhã o ritmo seja bom”.

Jolyon Palmer conseguiu chegar na fase final pela primeira vez em sua carreira na Fórmula 1, marcando a primeira vez em que a Renault consegue ter seus dois carros no Q3 desde seu retorno à categoria como equipe de fábrica.

No entanto, Palmer terminou um segundo distante do seu companheiro Hulkenberg nas tentativas finais, para terminar em 10º, afirmando que ele perdeu tempo com um ajuste incorreto de motor.

“Obviamente, Nico fez uma volta rápida”, refletiu Palmer. “Eu não fiz uma volta muito boa no Q3. Eu coloquei o modo errado no motor em algum momento também, então não consegui ter toda a energia disponível”.

“Mas estou feliz porque esta é minha melhor sessão classificatória até agora, cheguei ao Q3 pela primeira vez, e eu participei da hora completa da sessão, o que é bom”.

“Espero que possamos marcar alguns pontos amanhã”.