Honda vai implementar nova estrutura técnica e Hasegawa está fora do projeto na F1

A Honda confirmou que vai implementar uma nova estrutura técnica, com Yusuke Hasegawa mudando de posição dentro da empresa, e Toyoharu Tanabe assumindo como novo chefe de Fórmula 1.

Hasegawa assumiu o cargo de Yasuhisa Arai como chefe do projeto da F1 no início de 2016, após a triste campanha da Honda em 2105, seu primeiro ano com a McLaren, mas as coisas também não foram como esperadas em 2017.

A McLaren e a Honda finalmente se separam, com ambas assumindo Renault e Toro Rosso, respectivamente.

Nessa quinta-feira, a Honda confirmou que dividiu as funções de Hasegawa em dois papéis distintos, criando o cargo de Diretor Técnico e Diretor de Operações da F1.

O Diretor Técnico será encarregado de “dirigir a equipe no local das corridas e testes”, enquanto o Diretor Operacional “supervisionará a pesquisa e o desenvolvimento e as operações gerais de corridas e testes”.

Tanabe atuará como diretor técnico da equipe da F1 da Honda, estando na empresa desde 1984, incluindo passagens como engenheiro de Gerhard Berger e Jenson Button.

Hasegawa, enquanto isso, terá o papel de engenheiro-chefe executivo, embora não esteja mais ligado ao projeto da F1, enquanto o Diretor de Operações ainda não foi nomeado.

O sistema reestruturado entrará em vigor no dia 1º de janeiro.