Hockenheim toma medidas antiterroristas para o GP deste fim de semana

Hockenheim reforçou a segurança para o GP da Alemanha deste fim de semana após uma série de ataque terroristas no país e na Europa.

O jornal britânico ‘Telegraph’ relatou que a empresa responsável pela segurança da Fórmula 1 praticamente duplicou seu pessoal para a corrida, e que a FOM está trabalhando com os promotores de Hockenheim.

“Todos estão um pouco preocupados”, admitiu Bernie Ecclestone. “Não vejo o que eles poderiam fazer, mas estão fazendo o que podem. Todos estão em alerta, principalmente a Alemanha. A corrida não é visada de modo algum”.

Um porta-voz do circuito de Hockenheim confirmou a alegação de Ecclestone de que o GP da Alemanha não é visado especificamente, mas disse que a polícia e a segurança “tomarão as atitudes necessárias e apropriadas para garantir a segurança de todos os presentes na prova deste fim de semana”.