Heineken reclama de vazamento sobre acordo de patrocínio

Bernie Ecclestone praticamente confirmou os relatos de que a cervejaria holandesa Heineken entrará na Fórmula 1 com um grande acordo de patrocínio.

O jornal holandês ‘De Telegraaf’ alegou na semana passada que os primeiros sinais do contrato de cinco anos e 200 milhões de euros serão as propagandas no circuito a partir do GP do Canadá.

“A Heineken provavelmente também terá uma parceria com uma das equipes como parte do acordo de patrocínio com a FOM”, afirmou o relato.

Ecclestone declarou ao ‘The Guardian’ nesta semana: “Aparentemente, a notícia vazou em um site na Holanda. A Heineken me disse que lamentava profundamente e que ficou bastante irritada”.