Heineken pode se tornar patrocinadora principal da Fórmula 1

De acordo com a revista ‘Autosport’, a Heineken está prestes a entrar na Fórmula 1 como patrocinadora principal num acordo de cinco anos por cerca de 150 milhões.

A gigante das bebidas terá uma presença significante nas pistas a partir do GP do Canadá deste ano e não substituirá nenhum patrocinador existente como Rolex ou Pirelli.

Apesar de fontes próximas ao acordo não comentarem detalhes, o acordo seria feito diretamente entre a Formula One Management e a Heineken, que já mantém grandes contratos com a Champions League de futebol e a Copa do Mundo de Rúgbi.

Diferente dos acordos de publicidade nas pistas, o acordo da Heineken deve incluir compromissos maiores como os sustentados entre patrocinadores e equipes de F1, podendo chegar até mesmo a patrocinar alguma delas.

Algumas equipes receberam um pedido de proposta da Heineken, onde a equipe que fizer a melhor proposta poderia receber uma boa quantia de dinheiro.

É provável que a equipe melhor sucedida no processo carregue a marca da Heineken.

Acessos ao paddock e garagens são extremamente valiosos para qualquer patrocinador que quer tirar o máximo do seu envolvimento com a categoria.

Uma fonte próxima ao acordo disse, segundo a ‘Autosport’: “Esta é uma grande notícia para a Fórmula 1. Esta é uma grande marca com grande verba e credibilidade que só podem ser bons para o esporte”.