Hamilton vence, mas Nico Rosberg se sagra campeão mundial

Hamilton tentou segurar Rosberg no final mas não conseguiu que ele perdesse colocações. Massa termina em nono e termina sua passagem pela Fórmula 1.

Nico Rosberg é o novo campeão mundial de Fórmula 1. O alemão chegou em segundo e garantiu seu primeiro título. Hamilton venceu a prova e tentou segurar o ritmo para fazer com que Nico perdesse posições, que não foi o suficiente. Ao final da prova, os dois não se cumprimentaram.

Felipe Massa fez uma corrida muito consistente e encerrou sua carreira na F1 com uma nona colocação. Nasr fechou em 16°.

Confira como foi a prova:

Na largada, Hamilton pulou na frente e Rosberg foi logo atrás. Verstappen rodou na primeira curva. Felipe Massa subiu para nono e Nasr para 14°, enquanto isso Magnussen foi para os boxes.

Raikkonen assumiu a terceira colocação, Ricciardo caiu para quarto e Vettel é o quinto no momento. Felipe Massa perdeu sua posição para Bottas, enquanto Verstappen ia se recuperando no pelotão.

Após duas voltas, Felipe Massa recuperou sua posição em cima de Bottas em uma bela manobra em cima do finlandês. Uma volta depois, Bottas vai para os boxes e a equipe recolhe o carro na garagem.

Na volta 8, Hamilton parou nos boxes e colocou pneus de faixa amarela. Na volta 10, Hamilton ficou líder novamente, enquanto Verstappen era o segundo e segurava as investidas de Rosberg.

Button saiu da pista. O inglês estava com problemas na suspensão, fim de prova e de carreira. Ele foi abraçado por toda equipe e por sua mãe.

Kvyat abandonou a prova na volta 16, fim de semana ruim para o russo. Daniel Ricciardo partiu para cima de Raikkonen, mas perdeu o ponto de freada e tomou o X. Rosberg partiu pra cima de Verstappen e os dois quase se tocaram, mas o piloto da Mercedes conseguiu ganhar o segundo posto.

Na volta 22, finalmente Verstappen foi para os boxes e colocou pneus macios, que lhe dava a oportunidade de ir até o final, sem mais paradas.

Após 28 voltas a diferença entre Hamilton e Rosberg era de 3 segundos. No final desta volta, o inglês parou nos boxes e na volta seguinte foi a vez de Rosberg. Os dois retornaram mais próximos.

Lewis diminuiu o ritmo e Rosberg se aproximou muito e a diferença entre os dois era de 1,1 segundos.

A Mercedes questionava os motivos pelos quais Hamilton estava em ritmo tão lento e o inglês respondeu melhorando a volta. Vettel que ainda não tinha parado seguia na frente.

Palmer acertou Carlos Sainz por trás. O piloto da Renault ficou sem asa dianteira e foi para os boxes. Sainz acabou com a caixa de câmbio danificada e foi lento pela pista.

Vettel vinha virando 1,5 segundo mais rápido que Hamilton e já tinha superado o Ricciardo.

Verstappen e Vettel se aproximava da dupla da Mercedes e era tudo o que Hamilton queria.

Sebastian ultrapassou Verstappen na volta 52, e já ia pra cima de Rosberg. A equipe Mercedes ficou enfurecida com Hamilton por aparentemente estar segurando o ritmo.

Hamilton segurou muito o ritmo na última volta, mas nã0 foi o suficiente para Nico perder as posições e garante o seu primeiro título mundial de Fórmula 1!!

O alemão comemorou muito e deu zerinhos para o público. Felipe Massa terminou em nono e finalizou sua carreira na Fórmula 1.

Confira o resultado final do GP de Abu Dhabi:

1 – Lewis Hamilton – Mercedes – 55 voltas
2 – Nico Rosberg – Mercedes – +0.439s
3 – Sebastian Vettel – Ferrari – +0.843s
4 – Max Verstappen – Red Bull-TAG Heuer – +1.685s
5 – Daniel Ricciardo – Red Bull-TAG Heuer – +5.315s
6 – Kimi Raikkonen – Ferrari – +18.816s
7 – Nico Hulkenberg – Force India-Mercedes – +50.114s
8 – Sérgio Perez – Force India-Mercedes – +58.776s
9 – Felipe Massa – Williams-Mercedes – +59.436s
10 – Fernando Alons0 – McLaren-Honda – +59.896s
11 – Romain Grosjean – Haas-Ferrari – +1:16.777
12 – Esteban Gutierrez – Haas-Ferrari – +1:35.113
13 – Esteban Ocon – Manor-Mercedes – +1 volta
14 – Pascal Wehrlein – Manor-Mercedes – +1 volta
15 – Marcus Ericsson – Sauber-Ferrari – +1 volta
16 – Felipe Nasr – Sauber-Ferrari – +1 volta
17 – Jolyon Palmer – Renault – +1 volta

Não completaram:

Carlos Sainz Jr. – Toro Rosso-Ferrari – Quebra
Daniil Kvyat – Toro Rosso-Ferrari – Quebra
Jenson Button – McLaren-Honda – Quebra
Valtteri Bottas – Williams-Mercedes – Quebra
Kevin Magnussen – Renault – Quebra

 

 

 

 

 

 

 

  • Nilton Ballero

    Nico Rosberg chegou ao mesmo numero de vitórias de Nelson Piquet, 23 vitórias pra cada, Piquet disputou 208 GPs, Nico Rosberg 206 GPs , Piquet tem 24 poles contra 30 poles do Rosberg, o que chama a atenção é que os dois pilotos tem números muito próximos até agora (claro, Piquet já se aposentou a muito tempo e Rosberg ainda tem tem muito tempo de carreira) mas hoje, eles tem os mesmos numeros na F1 só que Piquet quando conquistou sua 23º vitória já era Tri-Campeão Mundial de F1 (1981, 1983, 1987), Piquet conquistou sua ultima vitória no GP do Canadá em 1991 com a Equipe Benetton.