Hamilton: “Precisamos trabalhar duro para nos mantermos na frente”

Lewis Hamilton declarou que será necessário “trabalho duro” por parte da Mercedes para poderem ficar a frente da principal rival, a Ferrari, durante o GP que acontecerá na Rússia.

Mercedes foi superior em ambas as sessões de treinos livres realizados no Autódromo de Sochi, com Nico Rosberg sendo o mais rápido pela manhã e Lewis Hamilton o mais rápido do dia.

Hamilton terminou a segunda sessão de treinos seis décimos mais rápido que Sebastian Vettel da Ferrari, porém ele acredita que a equipe tem mais a oferecer para esse final de semana.

“Foi um dia construtivo para iniciarmos o fim de semana”, disse Hamilton.

“Nós conseguimos rodar a maioria do nosso programa com exceção do final (da segunda sessão) que meus pneus ficaram achatados mas não é grande o problema por lá.

“Eu acho que estaremos forte aqui, mas nós precisamos manter o trabalho duro se quisermos nos manter a frente das Ferraris – parece que eles podem estar um passo mais perto esse final de semana.

“Nós temos algumas coisas para olhar para confirmarmos que estamos com o melhor set-up para a qualificação.”

Rosberg terminou o dia em terceiro lugar depois de pegar tráfego durante seu trecho com pneus Super Soft no TL2.

“É difícil acertar nesta pista, como há apenas uma janela onde os pneus funcionam perfeitamente e um monte de lugares onde você pode facilmente cometer erros”, disse Rosberg.

“Eu não consegui acertar uma volta rápida completa no TL2.

“Além disso, foi um bom dia. O carro estava bom em uma volta rápida nesta manhã e novamente nas corridas mais longas, esta tarde, o que é muito encorajador.”