Hamilton fica satisfeito por recuperar o pódio em Marina Bay

Lewis Hamilton expressou seu alívio ao salvar um pódio em Cingapura, ainda que tenha caído para trás do seu companheiro na Mercedes, Nico Rosberg, na classificação do campeonato.

O inglês sofreu durante todo o fim de semana em Marina Bay e caiu para quarto no meio da corrida, depois de um erro na Curva 7 permitir Kimi Raikkonen, da Ferrari, fazer a manobra para superá-lo.

“Este fim de semana foi um pouco traiçoeiro para mim”, disse ele. “Estou muito feliz que consegui recuperar o pódio e conquistar alguns pontos para a equipe. Eu estava sofrendo com meus freios, que estavam superaquecendo, então tive que diminuir e assistir os outros caras sumindo. Estávamos buscando diferentes maneiras de tentar recuperar o controle”.

“No final, fiz meu segundo ou terceiro pit-stop, e meus freios ficaram sob controle”.

Hamilton insiste que está satisfeito com sua posição no campeonato, oito pontos atrás de Rosberg, tendo já uma vez recuperado uma desvantagem de 43 pontos em relação ao Rosberg.

“É muito diferente do que quando estive aqui no ano passado”, adicionou Hamilton, que conquistou o título de 2015 com três etapas de antecedência. “De modo geral, com tudo que já aconteceu neste ano, ainda estou na briga, mas ainda há um longo caminho pela frente”.

“Darei tudo que tenho”.