Hamilton elogia Rosberg após atitude no GP de Mônaco

De acordo com a agência de notícias ‘Reuters’, o piloto inglês Lewis Hamilton, agradeceu seu companheiro de equipe Nico Rosberg no domingo após o alemão seguir ordens de equipe e deixá-lo passar, abrindo caminho para disputa com Daniel Ricciardo.

“Eu disse obrigado por ser um cavalheiro”, afirmou o tricampeão a repórteres.

Rosberg largou na primeira fila, ao lado do pole Ricciardo, em piso molhado com Hamilton em terceiro no grid.

O Safety Car liderou a fila por sete voltas, mas quando ele saiu, Ricciardo começou a se afastar de Rosberg, ficando claro que o alemão estava lutando para obter temperatura nos pneus e Hamilton estava bem mais rápido.

“Ficou claro que se não invertêssemos a situação entre Nico e Lewis, definitivamente perderíamos a corrida”, disse o chefe da Mercedes, Toto Wolff.

“Esperamos por um bom tempo, lhe demos mais voltas para o pneu funcionar, mas isso não aconteceu. E então, finalmente, decidimos avisá-lo, porque seu ritmo era muito mais lento. Isto provou ser a decisão certa.”

Wolff também agradeceu Rosberg, vencedor das últimas três corridas no principado, por entender o que estava em jogo.