Hamilton confirma o favoritismo e crava a pole em Barcelona

O britânico garantiu sua 64a pole position na carreira, ficando a apenas um atrás do ídolo Ayrton Senna. 

O treino de classificação para o GP da Espanha confirmou o favoritismo da Mercedes neste final de semana. Lewis Hamilton cravou a pole position, a de número 64 de sua carreira e uma a menos que seu ídolo Ayrton Senna. Sebastian Vettel fez a segunda melhor volta, enquanto Bottas foi o terceiro.

Fernando Alonso deu seu show a parte para a sua torcida. Com um carro muito ruim, o espanhol conseguiu levar sua McLaren para a primeira vez ao Q3, se classificando na sétima colocação. Felipe Massa, que não vem com um carro muito forte neste final de semana, larga em nono.

Confira como foi o treino.

O Q1 começou com o Vandoorne que foi o primeiro a entrar na pista, Vettel saiu logo na sequência. Ainda na primeira volta rápida, Vettel teve um problema no carro e teve que retornar aos boxes. Por um momento a Ferrari pediu que Vettel parasse o carro no canteiro da pista, mas o alemão, levou até os boxes.

Vandoorne foi o primeiro a registrar volta, mas logo foi superado por Ericsson. Grosjean foi o primeiro também, mas a rodar no circuito catalão.

Vettel conseguiu arrumar o problema do carro e fez a melhor volta, mas Hamilton logo superou o tempo do alemão e assumiu a ponta. Massa fez a quinta melhor volta, mas caiu para oitava colocação, pois Alonso, sim, ele mesmo, fez o sétimo melhor tempo.

Raikkonen superou Vettel e subiu para a segunda colocação, Bottas era o quarto, seguido por Verstappen e Ricciardo. Massa ficou ameaçado de ser eliminado no Q1, mas se garantiu no final, com a 14a colocação.

Os eliminados no Q1 foram: Ericsson, Palmer, Stroll, Vandoorne e Kvyat.

Já no Q2, Raikkonen foi o primeiro a deixar os boxes para fazer sua primeira volta rápida. Ele fez a melhor volta, mas logo foi superado por Hamilton, que fez 1:20.210, quatro décimos mais rápido que o finlandês.

Vettel colocou sua Ferrari na 2a colocação, enquanto Bottas subia para terceiro. Massa não conseguia colocar sua Williams entre os 10 que avançariam para a última parte do treino.

No final do Q2, a briga era para quem iria ficar para o Q3. Alonso colocou sua McLaren em sétimo, mas caiu para 10o, fazendo milagre para seus fãs, se classificando pela primeira vez para o Q3, em 2017. Massa também garantiu seu lugar na última parte do treino.

Os eliminados no Q2 foram: Magnussen, Sainz, Hulkenberg, Grosjean e Wehrlein.

Já no Q3, todos os remanescentes saíram para fazerem os seus tempos. Bottas fez o primeiro tempo, mas logo foi superado por Hamilton, com 1:19.149. Raikkonen fez o terceiro tempo e Vettel o quarto.

Na segunda e derradeira tentativa de cada no treino, Bottas melhorou sua volta, mas ainda ficou em segundo. Hamilton não conseguiu melhorar o tempo. Vettel subiu para a segunda colocação e Raikkonen não melhorou o tempo, ficando na quarta colocação.

Com isso, Hamilton garantiu sua 64o pole position, ficando a apenas uma atrás de Ayrton Senna. Alonso conseguiu uma excelente sétima colocação, enquanto Felipe Massa larga em nono no domingo.

A corrida em Barcelona será disputada neste domingo a partir das 9h (horário de Brasília, GMT -3) e a F1Mania acompanha todas as ações em TEMPO REAL.

Confira o grid de largada do GP da Espanha:

1) Lewis Hamilton (ING/Mercedes), 1:19.149
2) Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), 1:19.200
3) Valtteri Bottas (FIN/Mercedes), 1:19.373
4) Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari), 1:19.439
5) Max Verstappen (HOL/Red Bull-TAG Heuer), 1:19.706
6) Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-TAG Heuer), 1:20.175
7) Fernando Alonso (ESP/McLaren-Honda), 1:21.048
8) Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes), 1:21.070
9) Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes), 1:21.232
10) Esteban Ocon (FRA/Force India-Mercedes), 1:21.272
11) Kevin Magnussen (DIN/Haas-Ferrari), 1:21.329
12) Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso-Renault), 1:21.371
13) Nico Hülkenberg (ALE/Renault), 1:21.397
14) Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari), 1:21.517
15) Pascal Wehrlein (ALE/Sauber-Ferrari), 1:21.803
16) Marcus Ericsson (SUE/Sauber-Ferrari), 1:22.332
17) Jolyon Palmer (ING/Renault), 1:22.401
18) Lance Stroll (CAN/Williams-Mercedes), 1:22.411
19) Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren-Honda), 1:22.532
20) Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso-Renault), 1:22.746