Hamilton afirma que sua relação com Rosberg está muito boa

Lewis Hamilton descreveu sua relação atual com seu companheiro de equipe Nico Rosberg como “muito boa”, e reconhece que foi ajudado pela crescente maturidade de ambos os lados. A dupla vem lutando pelo título desde que a Mercedes emergiu como força dominante em 2014, e o inglês venceu dois títulos.

O relacionamento deles foi testado em um número de ocasiões, mais recentemente na Espanha, quando eles colidiram na primeira volta do GP. Hamilton diz que eles tiveram uma série de conversas privadas para discutir assuntos e está convencido de que eles vão sempre respeitar um ao outro.

“Está realmente muito bom com Nico, no momento”, disse Hamilton ao jornal ‘Mail on Sunday’. “Realmente bom. Surpreendentemente. Eu definitivamente não esperava que as coisas estivessem assim. Eu acho que é provavelmente por causa da idade”.

“Ele é um homem de família. Ele tem um filho. Ele provavelmente cresceu nesse processo e eu cresci e atingi uma maioridade. O respeito com que temos sempre falado está maior do que nunca”, prosseguiu.

“Então, agora nós geralmente apenas discutimos as coisas. Se nós ficamos descontentes com alguma coisa ou não, nós discutimos cara a cara. Se eu tiver um problema, eu bato na sua porta e pergunto se eu posso falar com ele em particular”, explicou Hamilton.

“Nós nunca falamos publicamente ou na frente da equipe. Até agora, pelo menos. Nós dizemos, ‘Ei, cara, eu não fiquei bem com isso’. E ele faz isso comigo tão frequentemente como eu faço com ele”, afirma o tricampeão.

“No outro dia, eu estava nadando na minha piscina – no edifício em que vivemos, em Mônaco, há uma piscina comum compartilhada – e eu acho que ele me viu de seu apartamento, desceu e se sentou na placa de mergulho, e, quando terminei algumas voltas, nós sentamos e conversamos por 20 minutos ou meia hora. Em um estado relaxado”, lembrou.

“Nós vamos ter nossos altos e baixos e vão haver momentos em que vamos nos odiar e outros em que vamos nos gostar, mas quando todos nós estivermos aposentados, com filhos e outras coisas, o respeito sempre vai estar lá”, concluiu Hamilton.