Haas sugere testes extras para novas equipes

Guenther Steiner considera que novas equipes de Fórmula 1 deveriam ter alguns dias extras de testes, em comparação com as rivais já estabelecidas, a fim de estarem mais bem preparadas para as suas campanhas de estreia.

A Haas é a primeira escuderia nova desde 2010 e marcou 18 pontos nas duas primeiras etapas de 2016, antes de ter um mau final de semana na China. “Como uma nova equipe, eu iria querer uma oportunidade de testar alguns dias a mais do que as outras”, disse Steiner.

“Proporcionem às novas equipes um brinde com três ou mais dias de testes para conhecer melhor o carro, fazer a equipe trabalhar melhor em conjunto, para que você possa evitar os pequenos erros que você comete desde o início, o que, por vezes, têm grandes consequências”, comentou o chefe da Haas.

“É uma ilusão, mas sabendo o que sei agora teria ajudado a evitar os problemas que tivemos na China”, explicou Steiner, que também confirmou que a Haas não vai participar dos testes de pneus da Pirelli para 2017.

“Infelizmente, não temos um carro 2015”, afirmou ele, referindo-se à regulamentação que proíbe o uso de modelos atuais. “Tudo o que temos é um carro de 2016, por isso não podemos fazê-lo. Mas não seria algo tão importante porque nós preferimos focar no que temos agora. Ainda temos muito a aprender com este carro”.