Haas “segurou” planos de expansão para 2018

A Haas, única equipe americana na Fórmula 1, comunicou que “segurou” seus planos de expansão da equipe

O chefe Gunther Steiner disse que, apesar da reputação de que o segundo ano é mais difícil para uma equipe de Fórmula 1, ele ficou impressionado com o desempenho da Haas em 2017.

“Eu não esperava uma estabilidade tão grande em todas as áreas”, declarou ele à ‘Auto Motor und Sport’.

“Só depois do primeiro ano você fica ciente do nível exigido para juntar todas as peças, mas nós cumprimos todas as nossas expectativas”.

A Haas terminou em oitavo lugar no campeonato de construtores deste ano, à frente apenas de McLaren e Sauber, mas não muito distante de Toro Rosso e Renault.

Porém, por ser uma equipe pequena, Steiner comentou que faz pouco sentido planejar uma grande expansão enquanto a Liberty Media considera um teto orçamentário para 2021.

“Antes de continuarmos crescendo, precisamos saber em que nível estaria o teto orçamentário. Não faz sentido ampliar a equipe agora e depois reduzir novamente o número de funcionários em 2021”.