Haas almeja avançar uma ou duas posições em 2017

Gene Haas diz que não há nenhuma razão pela qual sua equipe não possa subir duas posições na classificação nesta temporada. A equipe americana fez sua estreia na Fórmula 1 no ano passado, terminando em um oitavo lugar no campeonato de construtores.

Romain Grosjean permanece com a equipe por uma segunda temporada, com Kevin Magnussen ao seu lado vindo da Renault. Tendo bom desempenho em sua campanha de estreia, Haas acredita que sua equipe tem o potencial para avançar no grid.

“Se pudermos fazer um pouco melhor, porque nosso modelo de negócios na F1 nos permite operar com mais eficiência, poderemos subir uma posição ou duas”, disse ele em uma entrevista ao site da Haas F1.

Os novos regulamentos apresentam um novo desafio para as equipes em 2017 com mais downforce, maiores velocidades de curva e pneus mais largos. Perguntado se esta temporada será mais desafiadora, Haas acrescentou: “Eu acho que tem vantagens e desvantagens. No lado positivo, nós não estamos tentando formar toda uma equipe”.

“Não precisamos nos preocupar em comprar caminhões e outras infraestruturas. Temos tudo isso no lugar. O lado negativo é que há menos tempo para fazer todas essas coisas novamente e há muitas mudanças de regras, então você tem que estar preparado”, explicou ele.

“Por outro lado, temos relações mais fortes com muitos dos nossos fornecedores, de modo que deve ficar mais fácil. É uma espécie de dar e receber. Vai ser tão desafiador como foi no ano passado, mas acho que com o conhecimento que temos, devemos realmente executar um pouco melhor este ano”, concluiu Haas.