Gutierrez: Hamilton não me pediu desculpas

Esteban Gutierrez diz que Lewis Hamilton ainda não se desculpou por fazer um gesto obsceno no GP da Hungria do último fim de semana.

Apesar de ter sido penalizado por desobedecer as bandeiras azuis quando estava tomando uma volta, o mexicano ficou furioso com o fato de Hamilton ter mostrado seu dedo médio durante a ultrapassagem.

“Acho que a punição só ocorreu porque Lewis reclamou, o que é um problema, porque o que ele fez foi desrespeitoso”, declarou Gutierrez ao jornal espanhol ‘Marca’ em Hockenheim.

“Foi pouco esportivo, ele deveria aprender a respeitar seus competidores e aqueles que, como eu, estão fazendo o seu melhor e tentando deixá-lo passar em um lugar seguro”.

Ao ser questionado se havia esclarecido as coisas com Hamilton, Gutierrez respondeu: “Eu não conversei com ele. Sei que ele vem buscando meu número, mas não recebi nenhuma ligação. Vamos ver durante o fim de semana”.

“Pessoalmente, não tenho nada contra ele, mas acredito que, independente de quem somos, todos nós merecemos o mesmo nível de respeito”.