Grupo de Estratégia da F1 define peso mínimo de 80 kg para os pilotos

A FIA está finalizando seus planos para introduzir de um peso mínimo para os pilotos de F1 em 2019, garantindo que os pilotos mais pesados não sejam prejudicados.

Um mínimo de 80 kg será estabelecido para o piloto e seu assento, incluindo o lastro que ficará embaixo deles, com o peso total do carro/ piloto aumentando mais 6 kg, subindo para 740 kg. Assim, quando pesado individualmente o carro terá que pesar 660 kg para estar dentro da regra.

A ideia surgiu no Grupo de Estratégia da F1 e , após as reuniões do Grupo de Trabalhos Técnicos, o Grupo de Estratégia foi atualizado sobre o progresso na reunião que aconteceu na semana passada. Após várias discussões, será elaborada um proposta detalhada para aprovação final.

O peso do piloto tornou-se um fator importante na era do motor V8 quando os carros estavam bem no limite e os pilotos mais pesados foram estimulados a diminuir seu peso, levantando preocupações sobre o estado de saúde dos atletas.

Não foi um problema nos primeiros anos das unidades de potência híbridas V6, embora os pilotos mais pesados ainda pudessem ter uma certa desvantagem, pois tinham menos possibilidades para ajustar o lastro.

Os carros tornaram-se mais pesados no ano passado com o aumento da carroceria assim como as rodas e pneus, de modo que o limite de peso do carro/ piloto foi aumentado de 722 kg para 728 kg em 2017.

Para 2018 o peso total foi elevado para 734 kg, para permitir a introdução do halo.

No entanto, as equipes descobriram que o halo e suas montagens podem pesar até 15 kg e, em alguns casos, tirar a margem que tinham para trabalhar com o lastro.

À medida que as equipes aprenderam mais sobre o que era necessário para a montagem do hal0, alguns pilotos foram informados no final da temporada passada que o peso corporal seria mais um vez uma questão para ser trabalhada, novamente trazendo os medos sobre o estado de saúde dos pilotos.

O novo limite de 80 kg significa que um piloto de 70 kg deve levar 10 kg de lastro embaixo do assento para estar dentro da regra. A ideia é que este lastro seja colocado embaixo do assento regular da FIA.

O Grupo Estratégico concordou que 80 kg é um limite máximo realista para um piloto de F1 moderno, mas qualquer pessoa que tenha um peso maior que esse ainda estará em desvantagem.