Grosjean admite estar de olho em possível vaga na Ferrari

Romain Grosjean admitiu que não recusaria a chance de substituir Kimi Raikkonen na Ferrari.

Quando o jornal italiano ‘Gazzetta dello Sport’ lhe pediu para avaliar suas chances, o francês sorriu: “Se dependesse de mim, a chance seria de 100 por cento”.

“A decisão não é minha. Eu adoraria, é claro. Mas não estou pensando em nada além de andar bem e trazer a Haas para um nível competitivo. Se eu receber uma oferta de Maranello, ficarei feliz em aceitar”.

Ao ser questionado sobre o significado da Ferrari para ele, Grosjean declarou: “É algo grandioso. Estamos falando da equipe mais importante”.

“Quando eu tinha 18 ou 19 anos, conversei com Jean Alesi e ele me disse ‘antes eu era apenas um piloto de Fórmula 1, depois me tornei um piloto da Ferrari’”.