GP da Malásia de F1 está fora do calendário 2018

O GP da Malásia deixará o calendário da Fórmula 1 no próximo ano, após uma decisão conjunta com os dirigentes do evento de encerrar antecipadamente seu contrato.

O futuro da corrida em Sepang estava em dúvida há vários meses, depois que os ministros do governo anunciaram em novembro do ano passado que não iriam bancar uma extensão do acordo original válido até 2018.

A decisão de não continuar com a F1 foi baseada nos altos custos da realização da prova e nas baixas vendas de ingressos.

Entretanto, após discussões com a Liberty Media, nova proprietária da F1, o término do contrato depois da corrida deste ano foi aprovado, com o evento sendo substituído pelo GP da Alemanha em 2018.

Sean Bratches, diretor de operações comerciais da F1, disse em uma declaração: “É sempre triste dar adeus a um membro da família da F1. Durante quase duas décadas, os fãs malaios provaram ser alguns dos mais apaixonados da categoria”.

“Como dissemos em Melbourne, temos grandes planos para aproximar nossos fãs mais do que nunca da categoria, proporcionando uma melhor experiência digital e criando novos eventos. Estamos ansiosos para falar mais sobre esses planos durante a temporada”.

“Teremos 21 eventos empolgantes no calendário de 2018, com as adições das corridas na França e Alemanha. Eu gostaria de aproveitar esta oportunidade para agradecer o Circuito Internacional de Sepang por sua hospitalidade e profissionalismo ao longo dos anos, além de seu comprometimento com o automobilismo”.