GP da Austrália: Hamilton comanda dobradinha da Mercedes no primeiro treino livre da F1 2018

A Mercedes saiu na frente na primeira sessão de treinos livres da temporada 2018 da Fórmula 1 na noite desta quinta-feira (22) em Melbourne, Austrália.

Lewis Hamilton fez o tempo de 1:24.026s com os ultramacios roxos para liderar a sessão mais de meio segundo à frente de seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas. Max Verstappen, da Red Bull, separou as grandes rivais ao título da temporada Mercedes e Ferrari na terceira posiçãõ, à frente 0.104s de Kimi Raikkonen (pneus macios amarelos). Sebastian Vettel (pneus supermacios vermelhos) completou os cinco melhores, todos dentro da casa dos “1:24s”.

A primeira sessão oficial da temporada 2018 da F1, também a primeira com imagens onboard dos carros mostrando efetivamente o dispositivo de proteção do cockpit “halo”, começou com todos os pilotos indo para a pista nos primeiros 10 minutos de sessão, mas retornando aos boxes após as voltas de instalação para pouparem equipamento, já que na regra de 2018 os pilotos podem usar apenas três unidades de potência durante toda a temporada – cada motor deve durar 7 corridas.

Daniel Ricciardo chegou a liderar o TL1 momentaneamente mas foi superado por seu companheiro de Red Bull Verstappen, ambos calçando os supermacios vermelhos.

Verstappen permaneceu por algum tempo no topo da tabela antes do inglês da Mercedes retomar a liderança e depois abaixar ainda mais o tempo, abrindo uma vantagem de mais de sete décimos para o holandês e mais de um segundo para o sexto colocado Ricciardo.

Romain Grosjean surpreendeu positivamente deixando a Haas na P7 com o tempo de 1:25.730, com os ultramacios.

A McLaren perdeu mais da metade do treino tentando corrigir um problema no escapamento da MCL33 de Fernando Alonso. O espanhol deu apenas 14 voltas e foi quem menos rodou durante o TL1, comparado com as 30 voltas de Lance Stroll da Williams, o piloto mais produtivo do dia apesar de terminar apenas em 15º.

Alonso com os supermacios terminou na P8 com o tempo de 1:25.896s, seguido pela Renault de Carlos Sainz (supermacios) e seu companheiro de equipe Stoffel Vandoorne (macios) em 10º. A outra Renault, de Nico Hulkenberg, terminou na em 13º também com os supermacios.

Pierre Gasly, estreando oficialmente a parceria Toro Rosso-Honda no STR13 foi o 11º, com Brendon Harltey apenas em 18º – ambos vestindo os supermacios vermelhos.

A segunda sessão de treinos livres para o GP da Austrália de F1 acontece nesta madrugada de quinta para sexta-feira às 02h00 (horário de Brasília). A F1Mania estará AO VIVO em TEMPO REAL.

 

Confira o resultado do primeiro treino livre do GP da Austrália de Fórmula 1:

1) Lewis Hamilton (ING/Mercedes), 1:24.026 (27 voltas)
2) Valtteri Bottas (FIN/Mercedes), 1:24.577 (29)
3) Max Verstappen (HOL/Red Bull-TAG Heuer), 1:24.771 (26)
4) Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari), 1:24.875 (23)
5) Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), 1:24.995 (22)
6) Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-TAG Heuer), 1:25.063 (25)
7) Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari), 1:25.730 (24)
8) Fernando Alonso (ESP/McLaren-Renault), 1:25.896 (16)
9) Carlos Sainz (ESP/Renault), 1:25.922 (23)
10) Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren-Renault), 1:26.482 (15)
11) Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso-Honda), 1:26.494 (25)
12) Sergey Sirotkin (RUS/Williams-Mercedes), 1:26.536 (25)
13) Nico Hülkenberg (ALE/Renault), 1:26.583 (25)
14) Esteban Ocon (FRA/Force India-Mercedes), 1:26.605 (30)
15) Lance Stroll (CAN/Williams-Mercedes), 1:26.636 (30)
16) Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes), 1:26.767 (26)
17) Kevin Magnussen (DIN/Haas-Ferrari), 1:27.035 (13)
18) Brendon Hartley (NZL/Toro Rosso-Honda), 1:27.745 (16)
19) Marcus Ericsson (SUE/Sauber-Ferrari), 1:27.964 (28)
20) Charles Leclerc (MON/Sauber-Ferrari), 1:28.853 (28)