GP da Austrália 2017: Fuso horário não é um problema para Max Verstappen

O jovem piloto da Red Bull tenta este ano seu primeiro mundial de Fórmula 1. Ano passado o holandês conseguiu vencer o GP da Espanha e subiu outras seis vezes ao pódio, terminando o campeonato na quinta colocação.

Em consideração a temporada 2016, Max Verstappen ainda era piloto da Toro Rosso e lhe faltariam 2 meses para a promoção a equipe senior.

Destaque para esta temporada da Fórmula 1, Verstappen está ciente da pressão em torno de seus resultados. Ele comentou sobre fuso horário e também sobre a expectativa para o início da temporada.

“Os primeiros dois ou três dias você luta contra o fuso-horário. Mas fica tudo bem porque estamos muito animados para a primeira corrida do ano.”

“A primeira corrida é sempre emocionante, já que não sabemos onde estamos relmente em termos de desempenho do carro, porque é tudo muito novo.”

“Eu não posso esperar para sentir o ‘zumbido’ de todos os carros saindo para o primeiro treino livre vendo a emoção no rosto de todos.”

Os treinos para o GP da Austrália de Fórmula 1 começam nesta quinta-feira (23) às 22 horas com transmissão ao vivo dos canais SporTV.