Fórmula 1 estuda mudanças nos circuitos para melhorar corridas

A Fórmula 1 está investigando se alterações nos circuitos resultariam em melhores corridas.

Ross Brawn, diretor esportivo da categoria, disse que se a Liberty Media conseguir entender completamente o que torna uma pista boa para corridas, os traçados atuais podem ser ajustados.

“O programa aerodinâmico agora está começando a ganhar ritmo, e o trabalho no desenvolvimento dos circuitos está ocorrendo”, declarou ele.

“Nós já conversamos com alguns circuitos a respeito de possíveis modificações visando melhorar as corridas.

“Nós começamos a analisar nossos arquivos”, disse ele. “Tivemos períodos nos quais houve mais ultrapassagens? Há pistas onde acontecem mais ultrapassagens?

“É necessário ter cuidado com uma coisa: ultrapassagens não significam boas corridas.

“Você precisa começar a pensar no que são boas corridas, e são dois carros lutando um contra o outro. Pode significar que o piloto da frente permanece na frente, mas com ótimas disputas. É um pouco mais complexo do que contar o número de ultrapassagens.

“O que estamos vendo até agora é que a capacidade de fazer diferentes traçados nas curvas é bastante importante para ajudar nas corridas. Então, um hairpin em uma pista estreita não é muito bom. Um hairpin em um circuito largo, onde alguns traçados diferentes são possíveis na entrada, pode favorecer boas disputas.

“Acredito que Austin poderia entrar na categoria de curvas complexas. Você faz um traçado na entrada da curva e começa a forçar o carro que está se defendendo a adotar traçados diferentes. Eventualmente, você sai no lugar certo. É isso que estamos analisando”, concluiu Brawn.